sexta-feira, 26 de abril de 2013

Páginas que preservam a história de suas cidades

Páginas contam com a aprovação de vários perfis no Facebook.O objetivo de ambas é fazer a história de suas cidades serem valorizadas


Com a aprovação de vários perfis no Facebook,as páginas "Manaus de Antigamente" e "GuarAntiga" se diferenciam de muitas da rede social que abordam assuntos voltados para suas capitais (Manaus e Rio de Janeiro).As duas páginas mostram o contraste de suas cidades em épocas passadas e atuais.


(Teatro Municipal do Rio de Janeiro,1960)

(Teatro Amazonas,Manaus,1963)

O espírito de colaboração impera e as pessoas que vêem as páginas tem disponível a opção de enviar fotos.Alguns registros são cedidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),outros de CDs e DVDs e livros de história.

(Palacete Miranda Corrêa,Manaus,1930)

(Palácio Monroe,Rio de Janeiro,1910)

"Muitos jovens tem vergonha de Manaus e não conhecem a história da cidade onde vivem.É um desconhecimento muito grande que interfere em como se vê a capital.Alguns preferem engrandecer outras cidades brasileiras,mas nem se quer conhecem o Teatro Amazonas ou até mesmo o Rio Negro" disse a criadora da Página Manaus de Antigamente,Gisella Braga.

(casario antigo na rua Bernardo Ramos,Manaus)

(rua Bernardo Ramos,a mais antiga de Manaus)

Já a página GuarAntiga tem como objetivo levar para as pessoas a história do Rio de Janeiro e suas transformações,trazendo fotos que emocionam os antigos e o público jovem,que desconhecem o fato de que a cidade era limpa e segura em tempos passados.

(Avenida Beira Mar,Rio de Janeiro,1920)

A página Manaus de Antigamente,com 7 meses de existência,conta com a aprovação de mais de 18.800 perfis na rede social.A página GuarAntiga,fundada em 28 de novembro de 2012,conta com a aprovação de mais de 23.100 perfis.

"Devemos pensar nos centros históricos não somente como pontos comerciais,mas sim como lugares que remetem a nossa identidade cultural.No momento em que as pessoas perceberem que preservar os centros históricos é preservar sua própria identidade cultural elas irão dar mais valor". 

Segue o link das páginas:







2 comentários:

  1. Muito bom termos um Blog que nos proporcione a possibilidade de conhecer melhor a história das cidades, a nossa história. Parabéns pela iniciativa.

    ResponderExcluir