sexta-feira, 30 de agosto de 2013

As Rebeliões Separatistas do Brasil Colonial



As rebeliões separatistas foram as primeiras a revelar claramente a intenção dos participantes em lutar pela emancipação do Brasil em relação a Portugal e mostraram-se possuidoras de alguma consciência nacional,além de certa organização política e até militar.A Inconfidência Mineira,a Conjuração dos Alfaiates e a Insurreição Pernambucana não se limitaram a contestar determinados aspectos da dominação colonial (impostos,abusos),mas questionavam o próprio pacto colonial,a dependência e sujeição da colônia à metrópole.Buscavam,enfim,a independência política diante de Portugal,apesar de circunscritas às regiões em que aconteceram,Minas Gerais,Bahia e Pernambuco.

Os revoltosos sofreram forte influência dos acontecimentos históricos do período,como a independência dos Estados Unidos,em 1776,e o início da Revolução Francesa,em 1789.Esses fatos propagaram ideais de liberdade e foram exemplos de lutas vitoriosas contra a dominação e exploração,como acontecia com o regime colonial brasileiro.As rebeliões  separatistas,seja pelo movimento em si e seus resultados,seja pela projeção simbólica que acabaram adquirindo,disseminaram o sentimento de nacionalidade entre os vários setores brasileiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário