segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Arqueólogos Descobrem Tumba de Faraó que Reinou há 3.800 anos

Pouco se sabia sobre o faraó Sobekhotep I, da 13ª dinastia do Antigo Egito. Tumba foi descoberta há um ano, mas só foi identificada semana passada.

 Foto tirada no dia 1º de janeiro, divulgada nesta segunda-feira (6) pelo Conselho Supremo de Antiguidades do Egito, mostra a câmara que abriga o sarcófago do faraó Sobekhotep I, no Egito (Foto: Photo/SCA)

Uma equipe de arqueólogos americanos identificou uma tumba de 3.800 anos como sendo a de Sobekhotep I, um faraó da 13ª dinastia do Antigo Egito, indicou nesta segunda-feira (6) o ministério egípcio das Antiguidades.

Essa descoberta, realizada na cidade de Abydos, no estado de Sohag, é importante, já que os especialistas pouco sabiam sobre este faraó que "governou o Egito durante quatro anos e meio, o reinado mais longo da época", declarou uma autoridade do ministério, Ayman El-Damarani.

A equipe americana da Universidade da Pensilvânia descobriu há um ano o imponente sarcófago do soberano, que pesa mais de 60 toneladas.

Contudo, os arqueólogos só o identificaram há uma semana, após a descoberta de uma inscrição com o seu nome que o reprenta sentado no trono. Urnas funerárias e objetos pertencentes ao faraó também foram encontrados no local.

 Imagem mostra fragmentos da tumba do faraó Sobekhotep I encontrados por pesquisadores americanos (Foto: AFP Photo/SCA)


Disponível em: http://g1.globo.com



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário