sábado, 8 de fevereiro de 2014

Os Vasos Gregos


Os vestígios de material artístico mais comuns sobre a civilização grega são os vasos de cerâmica. A argila utilizada para a produção desses vasos vinha da região de Ática, localizada em Atenas. Era considerada uma argila de ótima qualidade. Nesses vasos, os artistas registraram cenas do cotidiano, celebrações, guerras e cenas mitológicas. Diferentes estilos foram utilizados para ornamentar os vasos:

" O estilo geométrico correspondente à época mais antiga, que desabrochou entre os séculos 10 e 8 a.C., privilegia as linhas retas e a repetição de motivos geométricos básicos, como o círculo, o quadrado e o triângulo. Aparecidas no final do século 8, as formas animais rapidamente se tornaram o motivo predileto dos pintores de vasos, suplantando logo a arte geométrica. Como certas obras representam animais exóticos, o período ficou conhecido como orientalizante. Após cerca de um século, os desenhos de animais começam a ceder às figuras humanas realizadas de acordo com a técnica de contornos negros: a imagem aparece como uma silhueta escura, com os detalhes marcados em incisões coloridas. Entre os artistas  famosos pela decoração em figuras negras, um dos mais célebres foi o pintor ateniense Exekias [...]. Um novo estilo de pintura se impôs no final do século 6, o da figura vermelha. Desta vez, os artistas escureceram o fundo, sobre o qual seus temas se destacavam em vermelho - a cor da terracota [...]. "

Estilos de pintura em vasos. In: Grécia: templos, túmulos e tesouros. Rio de Janeiro: Abril Coleções / Time-life livros, 1998. p. 46-47. (Coleção Civilizações perdidas).


CRÉDITO DA IMAGEM: http://umolharsobreaarte.blogs.sapo.pt/

Nenhum comentário:

Postar um comentário