sexta-feira, 9 de maio de 2014

Arqueólogos encontram túmulo de 5.600 anos no Egito

Fotos divulgadas pelo Ministério da Antiguidade do Egito mostram estátua de marfim de homem barbado em tumba de 5.600 anos (Foto: Ministério da Antiguidade do Egito/AFP)

O túmulo foi encontrado na região de Kom al-Ahmar, entre Luxor e Assuã. Bom estado de conservação vai ajudar a estudar rituais funerários.

Arqueólogos encontraram no sul do Egito um túmulo e uma múmia bem conservados de 5.600 anos, anunciou nesta quarta-feira (7) o ministério de Antiguidades do país. O túmulo é anterior ao reinado de Narmer, fundador da Primeira Dinastia, que unificou o Alto e o Baixo Egito no século 31 a.C., declarou o ministério em um comunicado.
O túmulo foi encontrado na região de Kom al-Ahmar, entre Luxor e Assuã, onde se localizava Hierakonpolis, a principal cidade e capital do reino do Alto Egito. Os arqueólogos encontraram a estátua de um homem com barba, feita com marfim, e a múmia, que parecia ter morrido na adolescência, segundo o ministério.
O bom estado de conservação do restos mortais permitirá obter informações sobre os rituais funerários pré-dinásticos, destacou Renee Friedman, à frente da equipe arqueológica multinacional que realizou as escavações.
Na cidade de Hierakonpolis foram encontrados há anos os túmulos dos reis Narmer e Ra, um faraó pré-dinástico que facilitou a unificação do Egito.

FONTE: Arqueólogos encontram túmulo de 5.600 anos no Egito. Disponível em: http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2014/05/arqueologos-encontram-tumulo-de-5600-anos-no-egito.html Acesso em: 09/05/2014.



Nenhum comentário:

Postar um comentário