sábado, 9 de maio de 2015

A História Antiga e as fontes materiais

Busto de Heródoto, cópia romana do século II,
no Estoa de ÁtaloAtenas.

A História, em sua origem etimológica grega, significa pesquisa. Sábios gregos como como Heródoto e Tucídides escreviam e pesquisavam sobre a época em que viviam, voltando-se para o passado em busca de explicações para situações do presente.

Heródoto, por exemplo, no primeiro dos nove livros de sua principal obra, História, explica as causas que levaram às Guerras Médicas, conflitos entre gregos e medo-persas. Como Metodologia ele utiliza relatos, leitura de poemas, fontes epigráficas e, principalmente, as descrições feitas a partir de suas observações.

O que esses sábios gregos escreviam não era uma disciplina, mas sim um gênero literário, escrito para ser lido e apreciado. Esse gênero literário, além de apreciado, também servia de guia moral e ético, pois nele eram exaltados, por exemplo, os feitos de pessoas ilustres (generais, imperadores, heróis etc) e a grandiosidade dos impérios.

A História como ciência tem uma forte ligação com a Filologia (estudo da linguagem e fontes escritas). Por milênios o latim foi a língua dominante no mundo Ocidental, uma herança dos tempos do Império Romano, difundida principalmente pela Igreja Católica. Durante o Iluminismo, movimento que ia contra toda uma "ordem vigente", os filólogos passaram a estudar e comparar outras línguas, o que permitiu compreender outros povos e culturas, tudo por meio da análise de documentos oriundos dessas próprias línguas. Essa relação entre análise de documentos escritos e História permanece até hoje.

No entanto, os primeiros historiadores produziam História por meio de relatos, descrição de objetos, templos, ruínas etc; e faziam pouco uso de documentação escrita. As fontes que os antigos usavam eram as "fontes materiais" ou "arqueológicas".


FONTE: FUNARI, Pedro Paulo A. Os Historiadores e a Cultura Material. In.: PINSKY, Carla Bassanezi. Fontes Históricas. São Paulo, Editora Contexto: 2005. Cap. 3. pp. 81-110.


CRÉDITO DA IMAGEM: commons.wikimedia.org




sexta-feira, 8 de maio de 2015

Conexões Historiográficas na Antiguidade Grega (Prof. Dr. Auxiliomar Silva Ugarte)

Amigos e amigas leitores, venho por meio deste avisar que estou, por causa das aulas na universidade, sem tempo para escrever artigos bem elaborados. Deixo aqui para vocês um quadro de conexões historiográficas na Antiguidade Grega, que mostra as ligações entre autores daquela região e suas obras. O quadro foi aqui reproduzido com a permissão do Prof. Dr. Auxiliomar Silva Ugarte, do Departamento de História da UFAM.